29 julho 2011

O Paul 'tá quase a fazer anos =P

E aí está. Estou quase a fazer anos. É já este domingo =)

Pelo que me contam, foi numa tarde de Sábado com muitas nuvens e por volta das 17h45 que nasceu o Paul. Pessoa que teve o nome graças ao Papa João Paulo II. Parece que dois meses antes de eu nascer ele passou por Londres e os meus Pais gostaram do nome. Fico contente que não tenha sido o papa actual senão teria um nome estranho. Aliás, eu nem fui baptizado por Paul, mas sim Paulo. O Padre na altura (em Portugal)achou muito complicado o nome (o mesmo homem que tinha como part-time, desviar armas e carros de Espanha para vender em Portugal...) então usou o nome Paulo no meu baptismo. Espero que isso não dê problemas lá nos registos divinos. Mas não fica por aqui...o karma às vezes tem destas coisas. No mesmo dia que me baptizou, ele foi à festa em casa dos meus Pais onde abusou da salada de fruta. E no dia a seguir (domingo) parece que a meio da missa teve que correr para a casa de banho...sabe-se lá porquê. Enfim, histórias que me contam =)  Já ando a dar trabalho há muito tempo.


Agora passa mais um ano. O coração continua a ser casa duma criança que recusa crescer, que ainda acredita na inocência das pessoas, na honestidade, no Amor verdadeiro e que ainda se admira com as coisas mais simples. A mente absorve tudo que pode de todos os sítios e tenta destilar a boa informação daquela que serve apenas para distrair. Tenta aprender um pouco com todos, pois todos têm algo a ensinar quando nos propomos a ouvir.  O corpo continua a ser treinado para que possa estar apto a ajudar sempre que necessário e manter viva a ideia: Mente sã em corpo são. Não sou perfeito, não tenho a resposta a todos os problemas e ainda estou a tentar perceber o que raio se passa no mundo. Continuo à procura daquela pessoa especial. Ela não precisa de palavras bonitas para a definir e eu ainda não sei quem é, mas o sorriso que tenho neste momento por saber que a vou encontrar um dia serve perfeitamente para me mostrar quem ela vai ser na minha vida e o efeito que vai ter =) 
Continuo a crescer, uns dias mais que outros.

E pronto, se tiveram prendas para oferecer aproveitem que dia 31 faço anos =D
Sério, um sorriso basta para me alegrar o dia. Mas não recuso outras prendas XD  eheh, tou a brincar. Provavelmente estarei offline o dia todo. Quero reservar este dia para os meus Pais. Durante o ano inteiro dedico o meu tempo ao estudo e muitas vezes tenho que lhes pedir desculpa por não lhes fazer companhia por estar a trabalhar. E não...eu NÃO gosto nada disto e não quero que aconteça mais, quando temos que colocar quem amamos em segundo plano. DETESTO isso. No entanto eles com uma voz compreensiva que só os Pais têm, aceitam as minhas desculpas. Por isso que cada momento que passo com eles é crucial, é tão importante como o ar que respiro. 



Um dia se viver assim tanto, eles não irão estar comigo, não fisicamente. E nesses momentos quero recorrer a momentos que passei com eles para acreditar que há coisas que ainda fazem sentido...
Um conselho: Se puderem, aproveitem o tempo que têm quando estão com quem amam. Não percam tempo com discussões idiotas. Não estejam com eles a pensar noutro sitio. Estejam lá a 100%. Acreditem, um dia irá fazer toda a diferença o tempo que passaram com quem gostam e como o passaram. Se foi a sorrir ou a resmungar =P
Eu ainda sinto falta de uma boa amiga minha. E embora tenha passados bons momentos, tenho pena de não ter passado mais tempo com ela. Momentos simples, troca de sorrisos entre amigos puros. Mas a morte não perdoa ninguém e quando damos conta, it's to late. Mas é a vida =)

E agora já escrevi muito. Tenho que divagar menos. Isto foi só para dizer que Domingo faço anos =)

7 comentários:

Vanessa disse...

=)

boa sorte Paul :) tenho a certeza q um dia essa pessoa especial irá aparecer :)

não te desejo os parabéns q ainda não é dia para isso, mas espero sinceramente que passes um dia muito feliz e aproveites ao máximo o facto d o poderes passar com a tua família :) fazer anos no final d ano lectivo tem as suas vantagens :P

Marta Inês disse...

Ainda só fazes anos no domingo e já escreves estas coisas todas, parece um discurso de cerimónia! :)

E sim, aproveita para estar com os teus pais. Eles merecem isso!

Desejo-te um óptimo domingo ;)

Beijinhos*

Joana disse...

Que bonito Paul, de facto, temos de estar a 100% com as pessoas.

E por muito que por vezes pareça não haver esperança, acho que sim, que todos nós acabamos por encontrar aquela pessoa especial. O problema é que antigamente isso fazia-se mais cedo, agora é mais tarde porque a vida também exige outras coisas de nós e isso tira-nos tempo para olhar à nossa volta e ver quem anda por ali, mas a verdade é que essa pessoa acaba por aparecer. :)

Domingo cá estarei para te dar os parabéns!

...Ju... disse...

ja agora, a cusquice, e quantos anos fazes?
eu não gosto de fazer anos. não sou particularmente fã de ser o centro das atenções! ainda por cima, fazendo anos, em tempo de aulas nunca me posso por offline de vez! :P

Paul d.C. disse...

Obrigado Vanessa, ela deve aparecer, isto senão for distraída/preguiçosa como eu...aí vai levar mais tempo, lool =P Sim, vou tentar que seja especial ;)

lol, tens razão Marta, eu costumo escrever demais, muitas vezes antes de colocar um post tenho que o resumir várias vezes, ler e reler e nem imaginas a quantidade de posts que ainda não foram publicados porque estão em standby à espera de edição -_-"

Sim, tens razão Joana. Antes era mais cedo agora nem por isso. E muitas vezes as pessoas juntam-se porque se sentem sós ou acham que é socialmente inadequado estarem sós. Quando deveriam era lutar/procurar por aquela pessoa especial. "Love when you are ready, not when you are lonely" =)

Não tenho uma idade certa, Ju. Na verdade não sou humano. Sou uma entidade que surge espontaneamente de tempos a tempos, especialmente em momentos decisivos da história.



ahahahah, desculpa tinha que mandar a piada =)
Domingo (se lá chegar vivo) faço 29 anos. E tem sido bem completos. Quando morrer não me posso queixar, aproveitei bem os momentos que tive e com quem tive. Mas não quer dizer que queira "ir" já =P Ainda há mais momentos a Viver =)

Lá está...lá estou eu a escrever demais...

Vanessa disse...

loool parti-me a rir com a "entidade que surge espontaneamente de tempos a tempos" =P

29 aninhos hein... tás quase nos 30 :P e com quantos te sentes?

Paul d.C. disse...

Hmm, nem sei bem quantos sinto. Mas de certo que não me sinto com 29 anos =)