11 outubro 2011

oi?

Durante estas férias encontrei uns primos que já não via há anos...foi bom meter a conversa em dia, embora tenha sido rápido...mas eles disseram uma coisa que me deixou preocupado:

Prima: Então Paul, como vai isso de raparigas?
Paul: meh...vai indo...
Prima: Oh deves ter tantas atrás de ti...
Paul: ahahah, só na fila da cantina...
Primo: Quando trazes uma namorada para apresentar à família, ainda no outro dia falamos muito sobre isso...
Paul: o_O  oi?
Prima: E até estás com um ar todo jeitoso, deve ser da barba mas estás diferente. Mais adulto...'tás mesmo pronto para o casório.

O_O

Ok, eu sei que sou, da parte paterna, um dos últimos solteiros, só sobrei eu e mais um primo...mas já se fala nisso??? Casar não é um objectivo de vida, como se mais nada fizesse sentido sem isto. É claro que me quero casar, é claro que quero ter filhos e construir família. Mas tudo a seu tempo.

Mas vá...deve ter sido na brincadeira...temos o hábito de brincar muito. Espero eu...

Ai oh pah...


10 comentários:

Carla disse...

Vem sempre á conversa esse tema em todas as famílias. É um mal geral ahah

Vanessa disse...

ahah tás tramado =P mas olha, para muito gente, casar é um objectivo de vida. Casar, comprar carro, casa, ter filhos, etc. E para mim isso é um bocado assustador, mas vejo-o quando encontro pessoal que andou comigo na escola a passear pelo centro comercial com a namorada(o) e um carrinho de bebé O.o

...Ju... disse...

é bom saber que isso não acontece só com as rapariigas solteiras, que voces tb escutam a mesma ladainha!

ah, e mentaliza-te que provavelmente não era brincadeira...

Rita Super-Mulher disse...

As famílias gostam sempre desses assuntos :$

c disse...

isso é o meu prato do dia e os arranjinhos. nem quero pensar quando tiver 25 anos e ainda não tiver casado. eles gostam é de casórios e festança, espertos.

Joana disse...

Ahahah, adorei a tua resposta quando ela disse que deves ter muitas raparigas atrás de ti :P

Isso é algo que virá com o tempo...eu sonho chegar aos 25 ou 26 casada e de preferência à espera de um pequerrucho. :) mas sinceramente, tendo em conta os homens que eu conheço, começo a achar que isso não vai passar à realidade. Hoje em dia os namoros e os casamentos são muito banalizados...e depois pessoas românticas como eu e como tu já fizeste notar que também és, demoram a encontrar a cara-metade. Mas acredito sinceramente que apesar de demorar, acaba por surgir. E ainda mais a um rapaz querido como tu, que merece mesmo uma boa rapariga e à altura. :)

Joana disse...

p.s.: obrigada pelos parabéns! :D

Paul d.C. disse...

Carla, Rita Super-Mulher e c, estou mesmo a ver que é geral, todas as famílias acabam por tornar isto um assunto muito importante. Eu até nem tenho nada contra o casamento, desde que seja apenas decidido pelos participantes e que o façam com consciência do que estão a fazer. Tou tramado na próxima reunião de família -_-"

Ju, eu levei na brincadeira mas se calhar não era mesmo >.>

Vanessa, sei o que isso é, uma grande parte dos meus amigos lá da "terra" já estão casados e com filhos (uns até já estão divorciados). Fico admirado, mas se estão felizes, fico feliz =)

Concordo Joana, os casamentos estão demasiado banalizados. Por vezes não tomam atenção à elevada responsabilidade, acredito que não se deve casar apenas para mostrar que se gosta, pois pode levar a consequências graves. Pois, quanto a essa parte tens razão, fica complicado quando se quer algo sério e não apenas alguém para mostrar aos amigos. Às vezes fica complicado tentar encontrar essa pessoa e pode demorar mesmo mas acredito que compensa, especialmente quando tanta gente já não acredita no amor. E obrigada, elogios assim animam-me =)
Força, acredito que também vais encontrar alguém que tenha o coração a trabalhar na mesma frequência que o teu ;)

bjs para todas =)*

'Mimi disse...

Se for como na minha família estás bem tramado que isso é conversa que não morre ;)

Paul d.C. disse...

Eu agora só os devo ver lá pro natal, até lá espero que se esqueçam -_-"

I hope =)