13 novembro 2011

life is too short.


A vida é demasiado curta para estar zangado, chateado, passar o tempo a discutir, estar com a pessoa errada com medo da solidão. Não querer largar o passado.

A vida é demasiado curta e o "Amanhã faço isso..." pode ser nunca. Ele/a pode já não estar por perto. Sem aviso prévio podemos dar conta que bastou um segundo para perder quem amamos e que devíamos ter aproveitado melhor...mas nessa altura quando for tarde demais iremos ter a certeza disto, de que a vida é mesmo muito curta para se desperdiçar com algumas coisas. Essas coisas podem variar de pessoa para pessoa, do meio onde estão. Mas há outras coisas que valem bem a pena usar o nosso escasso tempo, algumas delas estão na imagem...outras vocês sabem bem quais são e não precisam que ninguém vos diga o que é. Mas pensem bem nelas...não se deixem enganar por aquilo que nos dizem que é importante. 

 Conheçam o vosso corpo, a vossa mente e aí irão encontrar a paz e calma para poder compreender o que é realmente importante e estas coisas que nós escolhemos aplicar o nosso tempo é algo que nos define, por isso espero que escolham bem. Não se esqueçam: 

LIFE IS TOO SHORT
e lembrem-se de reduzir, reutilizar e reciclar =)

6 comentários:

Carla disse...

Ora nem mais, está tudo dito. :)
Há que aproveitar tudo da melhor maneira e esquecer o pior. :)

c disse...

desde que a minha mãe ficou seriamente doente que passei a adoptar esse lema e sim há dias em que acordo a pensar que me precipitei e outros em que não me arrependo.

Sara Matos disse...

Eu precisava tanto deste post a uma semana atrás -.-''

Paul d.C. disse...

Carla, c, é isso mesmo. Aproveitar e não esquecer de que é mesmo curta...para nós e para os outros.

Sara, este post já andava nos rascunhos há algum tempo...espero que ainda tenha ajudado =\

Sara Matos disse...

Nem por isso, se há coisa que não podemos mudar é o que já está feito né. E nao vale a pena lamentar, a vida é demasiado curta para tal. But yeah, todo o mundo sabe que a vida é curta, mas será que realmente agimos como tal??
I dnt think so

Paul d.C. disse...

Quando nos lembramos e temos coragem, sim, acho que agimos como tal =)