21 dezembro 2011

Para ti.

Olá.
Estou a falar para ti, sim tu que estás a ler. Não sei em que dia estás ou mês ou ano. Mas sei que há uma grande probabilidade de estares a ler isto e seres quem eu espero que sejas. Sim és "Tu". Parece que te encontrei não foi? Será que eu ainda estou chato e falo que se farta? Bem espero que sim, admite não é assim tão mau. Ah, se por acaso eu andar a treinar pouco diz-me isto: "Those with less, are doing a lot more than you." não te preocupes, o Paul que vai estar contigo vai perceber o que quer dizer. E não, sabes bem que não estou doido. Apenas estou a escrever isto do passado, uhh estás a receber uma carta do passado, hahah. Como estás comigo então não deves estar muito surpreendida com isto. Enfim, quero dizer-te que estou feliz que te encontrei. Que estamos juntos. Acredita que esperei muito tempo por alguém assim como tu. Sim eu sei como tu és, não o aspecto embora acredito que deves ser linda, tanto que até recebes cartas do teu actual namorado, vindas do Passado. Não sei que rapariga pode dizer isso, dizer que tem um namorado que lhe escreve cartas que ultrapassam os limites do tempo. Diz lá que isto não merece um mimo. Vá, dá lá um mimo ao rapaz...
Então, onde ia? Pois...fica a saber que eu ainda nesta altura divagava muito...ah já sei, eu sei como tu és...pois para me ter apaixonado por ti deves ser alguém fenomenal. E espero que o Paul desse tempo te mostre isso todos os dias, senão o fizer diz-lhe para vir ler o blog dele...está a precisar. Senão mudei muito, ainda gosto de coisas simples, nada complicadas. Conversas longas sobre tudo e mais alguma coisa. Partilhar contigo tudo que sei e ouvir tudo que já viste na vida, tudo que já aprendeste. Adoro ficar a ouvir-te a explicar como te correu o dia...sim cada pormenor e não chateias nada, acredita. O som da tua voz acalma a minha mente, é relaxante ouvir-te. Gosto quando me fazes perguntas sobre o que faço, mesmo que não seja interessante. Vou ter o hábito de te roubar beijos nos momentos que menos esperas. E sim eu sei onde te posso beijar e deixar-te derretida e vou abusar. Acredita que quando me abraças o turbilhão de sentimentos que me provocas é inexplicável, por momentos o peso do mundo torna-se suportável. Sim, vais ser tu que me vais provocar isto. Espero que quando vemos filmes, ainda faças do meu peito a tua almofada. ADORO ver-te com a minha roupa quando andas pela casa. Sei que é para sentires sempre o meu cheiro e acredita, é muito bom ver-te assim. Mesmo muito bom.
Quero que saibas que tu és especial, já o és agora antes de te conhecer pessoalmente. De tal forma que resolvi escrever-te esta carta e sei que o Paul desse tempo não vai deixar-te sequer duvidar do que ele sente. E não penses que digo que és especial apenas por dizer, sou cientista, há coisas que quando digo têm uma razão. Não sei quando te vou encontrar, mas antes de te encontrar acredita que sofri, enganei-me, falhei, caí, levantei-me, desesperei e lutei para te encontrar. E agora, agora que estamos juntos depois de tudo que estou a passar...saber que estás a ler isto...saber que estamos juntos...faz toda a dor, todo o sacrifício... faz tudo valer a pena. Porque embora custe, tu vales a pena. Oh se vales.
Por isso agora mesmo, tens dois tipos a mimar-te. Não esperavas isso pois não? Se és quem eu já sinto que vais ser, então tu mereces. Mereces sentir o que é ser Amada por quem Amas. E quando acordares a meio da noite, eu vou estar ao teu lado. Mereces acordar com um sorriso nos lábios e sentir que a vida vale a pena ser vivida. Tu já sabes do que estou a falar não sabes?
E esse teu sorriso, abusa dele rapariga. Por favor, sinto que pode atravessar o tempo e chegar aqui. Não te preocupes, o eu do futuro não se vai chatear. Manda um sorriso desse tempo, nós agradecemos.


Faz-me um favor, dá-me um beijo quando me vires. Daqueles onde me agarras como se estivesses a cair de uma montanha. E diz Olá ao Paul do futuro. Desejo-vos muita força e visão para que juntos consigam explorar todas as oportunidades que apareçam =)



Do Passado com carinho,

Paul =)

4 comentários:

Anita disse...

A D O R E I! Texto muito bom! :)

Carla disse...

Ela vai amar,esta lindo :)

...Ju... disse...

ai homem!
a tua capacidade de deixar as tuas leitoras a suspirar ultrapassa passados, presentes e futuros! :)

boa sorte!!!

Miss Purple disse...

=)