10 setembro 2011

amigos.


Um das razões porque adoro animais é esta. Quando se ganha a confiança de um animal, ganhamos um amigo para a vida. Um amigo sem preconceitos, sem juízos de valor, sem interesses escondidos. Se ele está contigo é porque quer mesmo estar contigo. Tenho saudades deles. Existe uma ligação muito forte e eles sabem disso, apenas para eles é normal sentir isso. Não têm que lidar com mentiras e falsidades. Eles sabem que um cão é um cão. Um gato é um gato. Não há cá ninguém a tentar ser outra coisa. Mas chega destas coisas nossas, dos humanos. Aquele que está em cima do meu joelho, é demais. Senão lhe dou atenção quando pede, 'tou tramado. É uma questão de tempo até me começar a mordiscar =) e adora brincar. Por vezes passamos muito tempo à "porrada", desde arranhar e morder...passa por tudo. A outra é chatinha e muito teimosa, quando quer uma coisa não desiste. Insiste e insiste até ter mimos e atenção. Mas adoro-os. Adoro a forma como se enroscam em nós até encontrar o local perfeito para dormir. Como olham para nós e ficam ali simplesmente a olhar. Confio neles, sei o que querem e sei que não mentem. Mesmo sendo gatos. Quando vou a casa, eles lá conseguem vir até ao meu quarto e encontram sitio na cama para dormir...


Peço desculpa...ainda não me habituei a ter que falar neles no passado.
 Eles foram mortos na Páscoa de 2010.
 Envenenados. Porquê não sei e eles também não sabiam.
Ainda bem que nós humanos somos assim tão evoluídos e inteligentes.
Tem dias que tenho inveja do Mogli...

7 comentários:

Vanessa disse...

ohh são fofinhos =) e são dos melhores amigos que se pode ter :)são para a vida mesmo :) infelizmente também já me aconteceu isso... e vieram deixar-mo à porta =/ fiquei desolada =( mas guardo cada um dos que já perdi com imenso carinho :) é engraçado como cada um tinha uma personalidade diferente e única! Tenho saudades deles todos :')

c disse...

hum nem sei o que escrever! fica com as boas memórias que tens deles!

Rita disse...

Nem imagino o que deves ter sentido... e mesmo o que sentes agora. Como disse a C, guarda os momentos que viveste com eles, para sempre. Assim viverão para sempre, dentro de ti :)

Rita

Joana disse...

Que lindos gatinhos! Eu sempre tive cães, e encontro com eles uma ligação enorme, não importa o que digam, mas com um animal desenvolvemos uma amizade única e pura.
E eles ajudam-nos a perceber quem é boa pessoa ou quem não é. Porque quem não gosta de animais só não pode ser boa pessoa para os humanos. E os animais não se aproximam de pessoas que sentem que não gostam deles.
Ultimamente ouve-se muito aquela frase "quanto melhor conheço as pessoas, mais gosto dos animais" e é verdade. Aliás, nem é preciso conhecer melhor as pessoas para concluir que os animais merecem mais a nossa dedicação. :)

Carla disse...

Os animais são os nossos melhores amigos, sem dúvida. :)

Paul d.C. disse...

É isso mesmo Vanessa, cada um tem personalidade própria. Ficam sempre saudades, fica sempre aquele pedaço perdido...

Sim c e Rita, boas memórias...recordações de bons momentos que passei com eles. Marcaram-me muito e ainda me lembro deles.

Joana, por vezes também escuto dizer que são apenas animais de companhia...mas são bem mais que isso. A honestidade deles atrai-me. Sempre gostei de animais e embora goste de pessoas, sinto-me mais seguro entre animais...

Carla, sem dúvida. Quando eles confiam em nós, cria-se uma ligação intemporal e forte, muito forte.

Megan disse...

Envenenados? :o
Que horror!! Há mesmo gente cruel!
Aliás, infelizmente nem há que ficar muito admirada por isso, visto que há realmente muitas pessoas más e capazes de qualquer coisa.
Eu também adoro animais, adoro mesmo.. são realmente os nossos melhores amigos.
Já tive muitos animais, e de todo o tipo, agora só tenho um cão, um Rotwailler, mas está velhinho.
Adoro gatos. Gostei de todos os animais que tive, mas o que tive mais afinco, foi um fila brasileiro, ele.. era o melhor amigo do dono. O tamanho dele era assustador, a cabeça dele era enorme à beira da minha, mas ele para nós, donos, era tão querido e meigo. Ele morreu com uma torção de estômago, foi muito triste.. muito mesmo. Mas pronto é a vida.