09 setembro 2012

corre.

Há alturas que a preguiça domina, quando a minha mente inventa desculpas para não treinar: estou cansado, acabei de comer, tenho mais que fazer, depois vou treinar, amanhã treino a dobrar...


Depois vejo pessoas que lutam e atingem coisas assim: 

Oscar Pistorius


É claro que também tenho problemas e desafios e alguns não faço ideia como ultrapassar... mas conhecer pessoas assim que fazem o que fazem, ajuda a colocar as coisas no seu devido lugar. Eu não sei nem quero dizer que a nossa vida deve ser imersa em sofrimento para que podemos ser lutadores, todos temos as nossas batalhas, acredito mais na dedicação que colocamos na nossa luta. Com a paixão e persistência no que fazemos. Se queremos uma coisa, FAZEMOS. Sem desculpas, não é uma má disposição, o tempo, a altura do dia, a falta de sono... na realidade não são estas coisas que estipulam o que fazemos, acredito que somos nós e apenas nós que decidimos fazer ou não algo. Se queremos ou não uma coisa. Perceber que a intensidade daquilo que queremos é superior ao medo que temos para a obter ou na força necessária para o fazer.


E páro, respiro fundo, presto atenção à imagem... Parabéns Oscar Pistorius.


Ontem não treinei porque estava mal-disposto... 

...

2 comentários:

...Ju... disse...

eu não gosto muito da atitude desse atleta!
têm o mérito que tem e é merecido... Mas também tem aquela pontinha de arrogância que me enerva ligeiramente...

Paul d.C. disse...

Qual dos dois?

A arrogância chateia sempre =/