07 janeiro 2014

Barefoot

Hoje corri até ao parque e chovia muito. Mesmo muito. Eu já estava completamente molhado, mas continuei o treino. Fiz bem. E no final lembrei-me de como a Natureza nos ajuda e como tinha saudades em estar descalço com os pés na terra.

E foi no momento ideal que me lembrei. Sob aquela chuva, descalcei-me, tirei as meias e meti os pés na lama. Oh... aquela frescura, aquela textura, aquele sentimento tão primal... o sentimento de liberdade e de ligação. União, presença, consciência... ainda o sinto.

Olhei para o céu e vi a chuva cair em cima de mim, com os pés na terra e o som agressivo da chuva a cair no lago que estava ao meu lado. Um pouco abaixo o sussuro de uma cascata cantou uma bela música de fundo...

Não vou explicar o que senti mesmo, pois não quero reduzir a magia daquele momento a algumas palavras... e nem sei se seria capaz de expressar o que senti. Apenas vos convido a fazer o mesmo. Corram para acordar e animar o corpo e os sentidos, sintam o vosso corpo, sintam tudo aquilo que o vosso corpo consegue realmente sentir. Mergulhem na Natureza, com todos os sentidos, ela está em toda a parte... sintam-na. Saiam de casa, mesmo que esteja a chover. Enfiem os pés na lama e sintam a terra nos vossos dedos... transformem os vossos pés noutro par de mãos que sente o chão. Olhem para o céu, sintam cada gota a tocar na vossa cara. E deixem a chuva arrastar tudo dentro de vocês... imaginem a chuva a limpar tudo. Visualizem a chuva a arrastar tudo e depois parem de pensar ou imaginar. Parem tudo. Desliga. Desliga. Desliga. Desliga-te de tudo...  Pois agora só estás tu, a terra e a chuva.

Só tu, a terra e a chuva =')



3 comentários:

Ana Barbosa disse...

Adorava fazer isto um dia...e dançar com os pés descalços na terra enquanto chove e estar no mar enquanto chove...

Sara Matos disse...

És sem dúvida um ser singular Paul. A alegria que encontras nos pormenores da vida é contagiante ^^

Krystel disse...

E se 2014 começou comigo a cumprir a minha promessa de voltar a correr, este post só me deu vontade de o continuar a fazer, todas as semanas. Que bonito!